7º Edição da BrazilJS Conf em Porto Alegre

1 setembro 2017 | Notícias

Parece exagero falar isso, né? Mas, em nenhum outro lugar do mundo, temos cerca de 1.500 pessoas apenas para falar sobre JavaScript em uma conferência. O mais legal ainda é que esse evento acontece aqui na nossa cidade, Porto Alegre.

Vários assuntos que estão em alta na tecnologia foram abordados no evento: realidade virtual, realidade aumentada, serviços de alta disponibilidade, IoT (Internet das Coisas) e por aí vai. Teve até drinks sendo feitos com JavaScript, acredita?

Profissionais diferenciados de grandes empresas como Netflix, Google, Microsoft e Mozilla estiveram presentes discutindo assuntos variados, como melhores práticas para manter um código limpo e de fácil compreensão – não importando qual biblioteca ou framework esteja usando, ferramentas que podem ser usadas para acelerar o processo de desenvolvimento de softwares e empresas, entre outros.

O que mais me chamou atenção no evento foi quando o Gabriel Engel, CEO e fundador do Rocket.Chat, contou sobre como um projeto livre de software evoluiu e se tornou uma empresa de 17 milhões de dólares. Gabriel relatou todos os desafios e barreiras que a empresa enfrentou para se tornar a plataforma que é hoje, como propostas de compra de empresas milionárias foram recusadas e de que forma isso ajudou para que a companhia crescesse e mantivesse sua identidade open-source desde o início do projeto.

Um dos marcos da conferência foi quando todas (eu disse TODAS) as mulheres que estavam presentes no evento subiram ao palco para mostrar que elas têm sim seu espaço no setor de TI e que ninguém ouse dizer que não existem mulheres na área de desenvolvimento. Sabemos que o assunto feminismo é delicado e cada um tem sua opinião sobre o assunto. Mas ninguém pode negar que foi de arrepiar sentir a energia delas e o quanto podem contribuir não só na comunidade de tecnologia, mas em qualquer comunidade em que se sintam à vontade em fazer parte.

É muito importante que as empresas motivem seus colaboradores a participarem desse tipo de evento. Além de incentivar a criatividade, networking e o aprendizado de coisas novas, as pessoas também ficam por dentro do que anda acontecendo no setor de tecnologia e nas comunidades que, atualmente, fazem parte desse mercado. E, se você não conseguiu comparecer ao evento esse ano, se organiza! Ano que vem tem mais!


Sobre o Autor

Henrique Schreiner é Software Developer na e-Core, gosta de inventar novas soluções para melhora de desempenho e UX, programador front-end (HTML5, CSS3, Javascript, React) e back-end (PHP, Node.js). Baterista nas horas vagas e um apaixonado por música e novas tendências tecnológicas.

Siga o Henrique nas redes sociais:

Leia mais em:

Atlassian Executive Forum – Review

Na última terça-feira, dia 26, e-Core e Atlassian promoveram mais uma edição do Atlassian Executive Forum. O evento tem como objetivo reunir CIOs e Líderes que utilizam as ferramentas Atlassian, gerando o compartilhamento de boas práticas e soluções que tornam equipes...

Retrospectiva 2018: um ano para ficar na história

Expansão da e-Core Não poderíamos terminar o ano de 2018 sem falar em expansão. Desde março de 2017, quando a e-Core expandiu o espaço da sua matriz na capital gaúcha, o crescimento seguiu de forma constante. Só neste ano, foram mais três novos escritórios,...

Post-mortem Jira Ops

Post publicado pela Atlassian originalmenteGrandes incidentes são inevitáveis, e consertá-los é a principal prioridade para quaisquer equipes de Operações ou DevOps. Mas o que acontece após o serviço ser restaurado? As equipes aproveitam o tempo para entender...

Share This